Ensino ativo

O ensino tradicional é aquele no qual o professor transmite os seus conhecimentos para os alunos. Hoje vamos conhecer algumas alternativas que podem complementar o ensino tradicional e que têm sido chamadas de metodologias ativas. As metodologias ativas são métodos de ensino que incentivam o aluno a ter um papel mais ativo na sua própria aprendizagem. Ao invés de ficar sentado passivamente em uma cadeira enquanto o professor fala um monte de coisas, o aluno realizará ativamente uma tarefa.

Essa tarefa estimulará o aluno a pensar mais, a debater, a ter mais iniciativa e a aprender como aprender. Existem várias metodologias ativas, mas aqui vamos falar só de algumas para deixar um gostinho de quero mais. A aprendizagem baseada em problemas, conhecida como PBL, é uma dessas metodologias ativas. Nesse método, o professor apresenta um problema e os alunos devem propor uma solução. O professor facilita o estudo e a discussão dos alunos para que encontrem uma solução, mas são eles que precisam descobrir quais habilidades e conhecimentos precisam desenvolver, eles que devem desenvolver ambos e aplicá-los à situação problema. Essa situação problema deve ser uma situação real, deve estar ligada ao tópico que o professor quer desenvolver com os alunos e deve apresentar uma questão que não seja tão difícil ao ponto de desmotivar os alunos, mas também que não seja tão fácil ao ponto de ter uma resposta óbvia. A PBL estimula as capacidades de pensar criticamente, trabalhar em grupo, resolver problemas e argumentar, habilidades essas que serão muito úteis em várias outras situações no futuro dos alunos. A instrução pelos pares é uma outra  metodologia ativa e tem um formato diferente da PBL. Antes da aula, os alunos precisam estudar sozinhos materiais indicados pelo professor. A aula começa com uma breve exposição, em torno de 10 a 15 minutos, sobre um dos tópicos que o professor quer desenvolver naquela aula. Depois ele apresenta uma questão de múltipla escolha e dá alguns minutos para os alunos pensarem e responderem individualmente. Caso uma parte considerável dos alunos erre a questão, o professor pedirá que os alunos discutam em pequenos grupos sobre suas respostas e tentem convencer os outros colegas de que a resposta que escolheram é a correta. Depois dos alunos tentarem se convencer por alguns minutos, o professor faz um novo levantamento das respostas individuais dos alunos. Caso a maior parte acerte desta vez, o professor explica a resposta correta e tenta tirar dúvidas que ainda existam. Uma outra metodologia ativa é a aula invertida. Em uma aula tradicional, os alunos são expostos a um conteúdo em sala e podem fazer exercícios em casa. É ai que ocorre uma inversão nas coisas. Na aula invertida, o aluno estuda o assunto antes da aula por meio de materiais como vídeos indicados pelo professor. Depois ele deve ir à aula para aplicar o que aprendeu em exercícios propostos pelo professor. As grandes vantagens é que cada aluno pode aprender no seu  próprio ritmo antes da aula, podendo pausar ou assistir de novo o vídeo indicado pelo professor, e caso ele tenha dificuldades para realizar a tarefa na aula, poderá contar com a ajuda do professor e dos outros colegas. Se você está pensando que as metodologias ativas são uma das coisas mais legais que você já ouviu sobre esse assunto, então você captou bem a mensagem, pois elas são! Inclusive, várias pesquisas científicas têm constatado que as metodologias ativas tendem a promover uma melhor aprendizagem quando comparadas ao ensino tradicional. Mesmo assim, alguns alunos podem achar que professores usando metodologias ativas estão tentando enrolar ou estão com preguiça de dar aula porque já estão muito acostumado ao modelo tradicional de aula expositiva. Por isso, é fundamental que o professor interessado em usar tais metodologias dedique um bom tempo explicando a metodologia ativa que quer usar e quais são as vantagens dela em relação ao ensino tradicional. As metodologias ativas não precisam substituir totalmente o ensino tradicional. Elas podem complementá-lo e enriquecer mais ainda a experiência de aprendizagem dos alunos. Se você é um professor ou professora, te convidamos a conhecer mais sobre as metodologias ativas e considerar a possibilidade de usar ao menos uma delas pra ver o que acha. Acreditamos que você vai gostar muito, e os seus alunos, mais ainda.
https://novaescola.org.br/conteudo/11897/como-as-metodologias-ativas-favorecem-o-aprendizado